Preparando a Oficina GLAM Wikimedia para o Museu do Indio: reflexões e potenciais para os acervos em rede e a informação livre

Desde os tempos em que comecei a atuar nos movimentos e coletivos independentes por meio da Internet algo sempre foi claro e cristalino sobre os objetivos que tínhamos e nos uniam: a busca pela liberdade da informação e os ganhos sociais que daí derivam como forma de socializar valores e fortalecer o pacto social que nos une.

Sempre acreditei que uma infra-estrutura livre e potencialmente escalável poderia ampliar o acesso, melhorar as condições de se informar, de produzir conhecimento, de ativar redes sociais de mobilização e organização em torno de causas pontuais mas capazes de propor novos modos e paradigmas de organização social. Muitas experiências e quase duas décadas depois, muita coisa confirma essa visão e muita coisa se aprende de como é complexo, difícil e trabalhoso criar as condições para as experiências de abertura da informação possam alcançar o potencial que esperamos dela.

Continue lendo “Preparando a Oficina GLAM Wikimedia para o Museu do Indio: reflexões e potenciais para os acervos em rede e a informação livre”